Personalidades

Raimundinho: do território federal ao Estado, um guerreiro a serviço da Polícia Civil

Raimundo José de Souza Neto é filho de Brasilina Gregório Clemência e Sebastião José de Souza. Ele nasceu em São Vicente da Estrela, distrito de Raul Soares, em Minas Gerais, veio para Rondônia no ano de 1972, época em que o governo federal incentivava famílias a migrarem para Rondônia, em uma fase preparatória para a transformação do então Território Federal de Rondônia, em Estado.

Em 1º de setembro de 1980, Raimundinho, como é carinhosamente conhecido na Polícia Civil, foi contratado pelo Governo Federal, já que Rondônia ainda era Território Federal, para prestar serviço junto à Secretaria de Segurança Pública. Apenas em 22 de dezembro de 1981 foi criado o Estado de Rondônia, mas sua instalação ocorreu  no dia  04 de janeiro de 1982.

Raimundo trabalhou por muitos anos na Delegacia de Polícia da cidade de Ji-Paraná, onde prestou relevantes serviços juntamente com inúmeros delegados que por ali passaram, em operações de grande relevância e de alto risco.

Ele também trabalhou na delegacia de Polícia Civil da cidade de Ariquemes, onde contribuiu para a elucidação de vários crimes e operações realizadas em garimpos, comandadas pelo então Delegado de Polícia Jairo Macedo. A cidade vivia a febre do Garimpo Bom Futuro – a maior jazida de cassiterita do mundo – e os índices de violência e criminalidade eram altos, justificando a presença sempre constante de homens da Polícia Civil para desvendar homicídios e combater o tráfico de drogas.

Desde 2003 até os dias atuais, Raimundinho encontra-se lotado na delegacia de Polícia Civil de São Francisco do Guaporé, onde já participou de diversas operações, sendo a mais recente a operação realizada para cumprir mandados de prisão de vários integrantes do movimento LCP – Liga dos Camponeses Pobres.

Profissional exemplar, dedicado e comprometido com a Segurança Pública, Raimundinho está há mais de 30 anos na Polícia Civil do Estado de Rondônia, prestando serviço policial, exercendo sua função com zelo e eficiência, competência, honestidade e lealdade em prol da sociedade local.

Homem realizado, Raimundinho é pai de duas filhas médicas: Nádia Franzoni de Souza e Camila Franzoni de Souza. É casado com a advogada Fabrícia Uchaki, atualmente Procuradora Jurídica do Poder Legislativo Municipal da cidade de São Francisco do Guaporé, em Rondônia.

Remanescente do ex-Território Federal, policial de primeira linha, Raimundo José de Souza Neto, por sua competência e zelo com a coisa pública, passar a fazer parte de um seleto grupo de Guerreiros e Guerreiras que formam a galeria de PERSONALIDADES DA POLÍCIA CIVIL, coluna publicada pelo site do SINPOL-RO, como uma singela homenagem aos homens e mulheres que ajudaram a formatar a grandiosa POLÍCIA CIVIL DE RONDÔNIA. 

CONFIRA IMAGENS 

Tags
Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close