Ação Polícial

PF cumpre mandados em fase da Lava Jato que investiga contrato da Transpetro

A PF (Polícia Federal) cumpre nesta 4ª feira (19.ago.2020) 2 mandados de prisão em São Paulo e 6 de busca e apreensão em Alagoas e Rio de Janeiro. A operação faz parte da 72ª fase da Lava Jato e as ordem judiciais foram expedidas pela 13ª Vara Federal em Curitiba.

De acordo com o portal G1, a operação foi batizada de “Navegar é Preciso”. A força-tarefa suspeita que 1 estaleiro contratado por R$ 857 milhões para fornecer navios tenha pago propina para 1 funcionário da Transpetro.

A propina teria sido disfarçada por meio de 1 contrato falso de investimento com uma companhia estrangeira. Os detalhes não foram divulgados pela Lava Jato.

Segundo a PF, o esquema funcionava através de contratos de compra e venda de navios entre a Transpetro e o estaleiro investigado. Essas negociações eram no Promef, programa do governo federal para reestruturação da indústria naval brasileira.

As investigações mostram que foi identificada uma organização criminosa que pagava propina para altos executivos da Petrobras para fraudar o caráter competitivo de licitações. Empresas ligadas à estatal, como a Transpetro, também estariam envolvidas.

A contratação investigada teria sido feita sem levar em conta estudos feitos por consultorias. A PF diz que os estudos apontavam que o estaleiro contratado não teria as condições técnicas e financeiras para a construção dos navios.

* Essa reportagem receberá mais informações.

Tags
Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close