Notícias Gerais

Candidatos veteranos ficam com 78% do dinheiro público para campanhas

Dos R$ 807 milhões de dinheiro público irrigando as campanhas neste ano, R$ 632 milhões (78%) foram distribuídos a candidatos que já concorreram em outras eleições.

Os políticos eleitos alguma vez desde 2000 ficaram com R$ 528 milhões (65%) do total.

O levantamento do Poder360 considerou apenas os valores repassados às campanhas cujas origens são o Fundo Eleitoral e/ou o Fundo Partidário. Os dados são do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

São 54.224 os candidatos que receberam transferência de recursos públicos. Mais da metade deles (30.285) nunca concorreu a 1 cargo eletivo. Só que eles receberam valores inferiores.

Ao todo, 213 mil candidatos declararam ter arrecadado dinheiro de alguma fonte (que pode ser doação própria) até agora. Só 10% dos 539 mil na disputa, no entanto, receberam verba desses fundos, repassada pelos partidos.

Dentre os 10 candidatos nunca eleitos que mais receberam recursos públicos para campanha eleitoral, 3 são filhos de políticos e outros 2 são de famílias tradicionais da política brasileira.

METODOLOGIA

Poder360 cruzou as listas de candidatos e os arquivos mais recentes de prestação de contas destas eleições com todas as candidaturas lançadas no Brasil desde 2000 (são mais de 2 milhões).

O número de candidatos que já concorreram pode ser maior, já que os dados de 2000 e 2002 estão incompletos e em processo de atualização pelo TSE.

Foram considerados como “dinheiro público” apenas os valores repassados cujas origens sejam o Fundo Eleitoral e/ou o Fundo Partidário.


Informações deste post foram publicadas antes pelo Drive, com exclusividade. A newsletter é produzida para assinantes pela equipe de jornalistas do Poder360. Conheça mais o Drive aqui e saiba como receber com antecedência todas as principais informações do poder e da política.

Tags
Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close