Ação Polícial

Polícia Civil prende jovens com 700 gramas de maconha em Ouro Preto do Oeste

A Polícia Civil prendeu em agrante no final da tarde desta quinta-feira (30) um rapaz e uma garota, ambos com 21 anos de idade, no momento em que eles chegavam em Ouro Preto do Oeste trazendo um tablete com 700 gramas de maconha oriunda de Ji-Paraná.

A prisão da dupla é a continuidade do trabalho que a Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar, e o apoio do Ministério Público e o Poder Judiciário, de combate a comercialização de drogas na cidade que contribui para o aumento de crimes contra o patrimônio.

Uma equipe de investigadores monitorava o jovem preso nesta tarde porque ele é o principal suspeito no inquérito policial que investiga um roubo ao Posto Cidade ocorrido no dia 3 de maio – relembre a matéria https://correiocentral.com.br/noticias/policia/policia-civil-de-ouro-preto-do oeste-cumpre-mandado-em-casa-de-suspeito-de-roubo/12152

(https://correiocentral.com.br/noticias/policia/policia-civil-de-ouro-preto-do-oeste-cumpre-mandadoem-casa-de-suspeito-de-roubo/12152).

Os investigadores obtiveram a informação e que o rapaz na companhia de uma jovem faria uma viagem a Ji-Paraná para comprar entorpecente. Foram montadas três barreiras em vias (Linha 153; 166 e BR-364.

A PRISÃO
Policiais zeram três barreiras e os jovens vieram por fora da BR-364, mas foram surpreendidos
em uma chácara.

Os jovens ocupavam uma motocicleta e os investigadores da Polícia Civil local zeram um cerco nesses três possíveis trajetos que a dupla ia fazer, e a dupla acabou presa por uma equipe em uma chácara no Bairro Alvorada, próximo a chácara do Bonini. Ao perceber a aproximação dos agentes o condutor da moto empreendeu fuga e foi cercado.

Na Delegacia, a jovem admitiu que tinha conhecimento que o condutor da motocicleta ia buscar em Ji-Paraná e ia retornar com droga, mas não sabia a quantidade. Quanto ao jovem que é investigado por um roubo na cidade ele falou menos, mas foi flagranteado do mesmo jeito por tráfico de drogas.

De acordo com a Polícia Civil, a droga foi adquirida ao preço de R$ 1.000,00 e vendida no varejo
renderia em torno de R$ 7.000,00. A droga estava dentro de uma caixa de roteador.

O delegado Niki Alves Locatelli elogiou o esforço dos policiais no trabalho de combate ao tráfico de drogas na cidade, e de outros crimes que tem ocorrido nos municípios jurisdicionados à comarca. “Às vezes eles saem de madrugada, passam o dia inteiro trabalhando e sequer se alimentam. Nossa equipe é pequena, mas cada uma se multiplica no trabalho da polícia civil judiciaria”, finalizou.

Tags
Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Verifique também

Close
Close