Ação PolícialNotícias Gerais

Polícia prende em Salvador suspeito de financiar o PCC com “novo cangaço”

Uma operação de polícias estaduais prendeu em Salvador um suspeito de assaltar de bancos e de financiar o PCC (Primeiro Comando da Capital). José do Carmo Silvestre, o Pintado, é acusado de promover sítio a cidades, numa ação chamada de “novo cangaço”, e estava na lista dos mais procurados do país até pouco antes de ela ser divulgada pelo ministro da Justiça, Sergio Moro.

O nome dele foi retirado horas antes por causa de sua detenção na última quarta-feira (29).Ele estava foragido havia pelo menos 12 anos.

Segundo a polícia, Pintado recrutava pessoas para fazer grandes assaltos a bancos e transportadoras de valores e, depois, repassava parte desse dinheiro para o PCC. Acredita-se dentro da equipe que o investigava havia anos que Pintado participou do roubo à base da Prosegur no Paraguai, em 2017. Na lista dos suspeitos mais procurados divulgada por Moro ontem (veja mais abaixo), há ao menos mais outros que usariam táticas de “novo cangaço”.

Pintado foi detido na orla da praia de Armação, em Salvador (BA). Seu nome era o quarto da lista de procurados, que estava prestes a ser anunciada. A ação foi feita pelas polícias do Distrito Federal, Goiás, Bahia e teve a participação da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) e da Seopi (Secretaria de Operações Integradas), do Ministério da Justiça.

O UOL procurou advogados e familiares de Pintado, mas não os localizou para se manifestar sobre a prisão dele. O suspeito está detido em Salvador e deve ser levado para um penitenciária na Bahia ou em Minas Gerais, onde foi condenado por furto qualificado pela 3ª Vara Criminal de Sete Lagoas (MG).

Naquela cidade, ele levou R$ 1,1 milhão de uma agência do Banco do Brasil, em 1999. No entanto, fontes que organizaram a operação disseram à reportagem que tentarão transferir Pintado para um dos cinco presídios federais do país.

Tags
Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close