Ação PolícialNotícias Gerais

Polícia Civil identifica, pede e juiz decreta prisão de trio acusado de incendiar ônibus na Vila Dnit

A Polícia Judiciária Civil do estado de Rondônia, por intermédio da Delegacia Especializada em Crimes Contra o Patrimônio, confirma a identificação e expedição dos mandados de prisão preventiva, em de desfavor de Vitor Farias de Oliveira, Wiliam Gabriel Soares Amorim e Carlos Gabriel de Oliveira. O trio é acusado0 de atear fogo no ônibus de transporte coletivo e no caminhão da Empresa de Desenvolvimento Urbano (Endur), nesta capital, fatos ocorridos quarta-feira (09) e sexta-feira (11), respectivamente.

   

A ação está relacionada a conflitos dentro dos Presídios Jorge Thiago Afonso – 603 e Milton Soares de Carvalho – 470. Detentos reclamam da retirada de algumas “regalias”, dentre elas as televisões das celas, restrição às visitas e o que eles chamam de “opressão”. Quarta-feira, (09), ocorreu um problema na unidade, Agentes penitenciários foram atacados com fezes e urina lançadas por presos. Na última sexta-feira, facções impediram que alguns detentos fossem levados à Audiência de Custódia e, em contra partida, o Juiz determinou à proibição de visitas.

O serviço de investigação e capturas, daquela especializada, identificou o trio e seu envolvimento com a organização criminosa. A Autoridade Policial solicitou o mandado de prisão mesmo e o Juiz plantonista expediu a medida cautelar. Neste momento, os três, encontram-se foragidos e a Polícia Judiciária Civil pede auxílio à população que denunciem qualquer informação que possa ajudar a localizá-los, via telefone 197.

Tags
Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close