Ação Polícial

Polícia Civil deflagra operação “Mercadores da Saúde” em Porto Velho

A Polícia Civil do Estado de Rondônia, por meio da Delegacia de Repressão as Ações Criminosas Organizadas (DRACO), deflagrou na manhã desta quinta-feira (27/06), a primeira fase da operação denominada “Mercadores da Saúde”. Trata-se de investigação que busca apurar a noticia de que agentes que atuam ou atuaram nos hospitais João Paulo II e de Base, bem como, em uma clinica particular de Porto Velho, teriam se aliado para cobrarem indevidamente por cirurgias realizadas através do Sistema Único de Saúde (SUS).

Investiga-se também, o suposto desvio de medicamentos e materiais das referidas unidades hospitalares, com propósito de atender demanda de clinica particular, gerando enriquecimento indevido dos administradores desta, em detrimento do patrimônio publico.

Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, dos quais, um se deu no próprio Hospital de Base e outros dois em clínicas particulares situadas em Porto Velho. Também foi dado cumprimento a ordem judicial que determinou o afastamento de um servidor do Hospital de Base, além da restrição de acesso a dois investigados em relação às unidades mencionadas.

O inquérito policial corre sob sigilo, contudo, a polícia pede a população que informe, via 197, ou na própria sede da DRACO, situada na rua Benjamin Constant, 2006, bairro São Cristóvão, nesta Capital, caso tenha conhecimento de pessoas que foram coagidas ou aliciadas a pagarem por cirurgias realizadas através do SUS, tendo ou não concretizado o procedimento cirúrgico.

A Polícia Civil não realizará coletiva de imprensa no momento, pois o inquérito policial corre sob sigilo.

Fonte: ASCOM/PCRO

Imagem: Arquivo PC

Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close