MancheteNotícias Gerais

Policiais civis de Jaru aderem à paralisação nacional em protesto à reforma da Previdência

A Polícia Civil em Jaru aderiu a uma paralisação nacional em protesto à reforma da Previdência. Nesta terça-feira (25) os agentes da PC, em apoio a uma mobilização nacional que está acontecendo em todo o País.

Segundo os manifestantes, a classe teve o compromisso de integrantes do governo e do próprio presidente Bolsonaro de que os policiais teriam tratamento parecido com o dos militares. Isso não foi cumprido.

Nas mensagens expressas em faixas, os policiais destacam que apoiaram a eleição de Bolsonaro e agora estão sendo enganados por ele. “Bolsonaro, os policiais lhe apoiaram. Chegou a sua vez! Seja homem e cumpra sua palavra” e “A velha política não morreu. Bolsonaro não cumpriu o que prometeu”, são algumas das frases de efeito utilizadas nas faixas de protesto.

O principal motivo de descontentamento, segundo representantes da Polícia Civil, é o tratamento distinto que o governo vem dando para esses grupos em relação aos militares na reforma da Previdência. Os pontos mais criticados são a integralidade, a paridade e a pensão em caso de morte dos policiais em serviço.

Conforme informado ao site Anoticiamais, a paralisação acontece apenas nesta terça-feira e os serviços essenciais, como o registro de ocorrências, serão mantidos e os agentes estarão atuando apenas de forma interna.

Fonte: Anoticiamais

Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close