Manchete

SEGURANÇA – Crispin defende Polícia Civil diante dos casos de homicídios em (RO)

Em um extenso debate no Plenário das Deliberações da Assembleia Legislativa do Estado de Rondônia, na tarde da última terça-feira (7), referente aos assassinatos de vereador, prefeito e advogado sejam eles do município de Ministro Andreazza (RO) ou Cacoal. O deputado estadual Ismael Crispin (PSB), após as reivindicações do presidente do Poder Legislativo, Laerte Gomes (PSDB), que de forma incisiva ele e o colega Lebrão (MDB) exigiram do departamento de homicídios da Polícia Civil, a conclusão das investigações desses assassinatos.

O legislador estadual, Ismael Crispin, defendeu veemente a laboriosa Polícia Judiciária, pois a ínfima infraestrutura e o pífio número de Agentes da Civil para investigar centenas de casos, faz desses servidores do quadro da segurança pública, verdadeiros guerreiros em meio as inúmeras dificuldades.

Crispin apontou as falhas do sistema governamental na falta de investimentos no setor de inteligência, na contratação de novos policiais civis e nas melhorias estruturantes das delegacias dos 52 municípios do Estado de Rondônia. Sobretudo, na captação necessária de um orçamento, cuja a finalidade é garantir no mínimo um bom salário e designar os avanços tecnológicos aos setores da polícia judiciária. O 1º Secretário da Assembleia Legislativa, Ismael Crispin, ressaltou ainda o fastidioso serviço de dois Agentes da Polícia Civil e de uma delegada da homicídios da cidade de Cacoal (RO) que atende todo o município.

– Isso é a ausência do Estado na prestação da qualidade do serviço, nós não podemos desmerecer o trabalho desses funcionários da segurança pública – Alertou o deputado estadual Ismael Crispin.

 

mapping.com.br – Provedor de Conteúdo

Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close