Manchete

Diretoria do Sinsepol destaca importância de “Sabazão” para a Polícia Civil

A diretoria do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Rondônia (Sinsepol) destacou nesta quarta-feira (06), data de seu nascimento, o legado do policial civil e desportista Sebastião Félix Reis, o “Sabazão”, pessoa muita querida e conhecidíssima no mundo esportivo de Guajará-Mirim e do Estado de Rondônia.

O nome de “Sabazão” tem é lembrado por ter exercido uma grande liderança política na região de Guajará-Mirim, com apresentação de propostas para várias autoridades de melhorias para a categoria. Outro ponto positivo destacado foi o excelente trabalho realizado por ele – juntamente com a equipe de João Pomba – no combate ao tráfico de drogas na fronteira do Brasil com a Bolívia, destaca a diretoria do Sinsepol.

HOMENAGEM – “Sabazão” deixou sua marca na política, em sua atuação como policial civil e como um grande desportista

Vários policiais lembraram durante todo o dia desta quarta-feira (06), a luta de “Sabazão” em defesa do esporte da categoria. Durante o encerramento dos Jogos da Polícia Civil realizados em abril deste ano, o presidente do Sinsepol, Rodrigo Marinho, fez um breve comentário sobre o resultado positivo dos jogos, citando um pouco da história dos jogos da Polícia Civil de Rondônia, onde lembrou do grande apoiador e frequentador dos jogos, o agente de Polícia, falecido, Sebastião Félix Reis, o “Sabazão”.

Durante sua fala, o presidente Rodrigo Marinho pediu autorização dos presentes para batizar o hotel de trânsito como o nome de “Sebastião Félix Reis”. A proposta foi aprovada, por unanimidade por mais de 400 policiais presentes.

Nesta quarta-feira (06), o diretor-financeiro do Sinsepol, José Ribeiro, destacou que a homenagem feita a “Sabazão”, dando seu nome ao Hotel de Trânsito, em Porto Velho, levou em consideração, também, o fato dele ter sido a pessoa do interior de Rondônia que mais utilizou as instalações do hotel. Parte desse tempo “Sabazão” esteve lutando, com muita fé, garra, e determinação, contra uma doença grave, que infelizmente, acabou tirando sua vida.

Para os que conheceram “Sabazão”, seu legado e sua história não serão esquecidos pela maioria dos policiais civis que o conheceram. Para os novatos, fica o registro do Sinsepol e a homenagem do “batismo” do Hotel de Trânsito.

Tags
Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close