Manchete

SINSEPOL DEBATE NO XVIII CONGRESSO DA COBRAPOL.

SINSEPOL DEBATE NO XVIII CONGRESSO DA COBRAPOL.

A diretoria do Sindicato dos Servidores da Polícia Civil do Estado de Rondônia – SINSEPOL debateu nos dias 25 e 26 de Maio de 2018, em Brasília (DF), no XVIII Congresso Nacional da Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL). O evento contou com quase 100 delegados representantes das entidades filiadas de todo país.

Na abertura dos trabalhos, após a entoação do Hino Nacional brasileiro, o presidente André Luiz Gutierrez, depois de compor a mesa com os representantes das Federações filiadas à Confederação, saudou todos os delegados, ressaltou a representatividade do Congresso e conclamou à unidade em torno da defesa dos interesses da categoria.

Gutierrez destacou, ainda, os projetos que se encontram no Congresso Nacional que ameaçam o desempenho da atividade dos policiais civis e reiterou o compromisso da Confederação com a Lei Orgânica que institui a Carreira Única para a categoria, cuja proposta já foi apresentada ao governo federal.

No mesmo sentido, manifestaram-se os representantes das Federações que estavam à mesa: Itamir Neves de Lima, da FEPOL Norte; Marcilene Lucena, da FEIPOL Centro-Oeste; Emerson Aires, da FEIPOL Sul; e Aparecido Lima de Carvalho (Kiko), da FEIPOL Sudeste.

Após intensos debates e articulações entre as cinco federações e os sindicatos filiadas à COBRAPOL, os delegados presentes ao XVIII Congresso Nacional da Confederação Brasileira dos Trabalhadores Policiais Civis (COBRAPOL) elegeram uma chapa unitária encabeçada pelo atual presidente André Luiz Gutierrez (PR), ficando, na 1ª vice-presidência, Giancarlo Miranda (MS), e, na 2ª vice, Alex Galvão (DF). O Diretor do SINSEPOL, José Ribeiro Pinto Filho, foi eleito como primeiro vice presidente da Região Norte na COBRAPOL.

O Congresso da COBRAPOL, que aconteceu em Brasília é um dos mais representativos da história da entidade e está representando um marco na construção da unidade entre as entidades filiadas e seus representantes para o fortalecimento da entidade em um momento crítico que vive a categoria em todo país: sucateamento da Polícia Civil e várias tentativas de desvalorização da atividade profissional, através de iniciativas de governos estaduais e projetos que tramitam no Congresso Nacional.

Austeridade e Luta!!

Mostrar mais

Matérias Relacionadas

Close